À Beira do Abismo (2012)

Título original: Man on a Ledge
Elenco: Sam Worthington, Elizabeth Banks, Jamie Bell, Génesis Rodríguez, Ed Harris, entre outros.
Diretor: Asger Leth
Roteirista: Pablo F. Fenjves
Gênero: Suspense
Classificação: 12 anos
Duração: 120 min.
Avaliação: ☻☻☺☺☺
Trailer
Nick Cassidy (Sam Worthington) é um ex-policial que está preso, acusado de roubar um diamante de 40 milhões de dólares. Com a morte de seu pai, Nick vê uma oportunidade de fugir da cadeia. Ele recebe uma licença para ir ao enterro e, então, ele consegue fugir.

Para provar sua inocência, ele decide planejar um suicídio. Hospeda-se no hotel Roosevelt e surge no parapeito ameaçando se jogar, já que não tem nada a perder. Com a chegada da polícia, Nick pede para falar com Lydia Anderson (Elizabeth Banks), uma excelente negociadora do departamento de polícia de NY. Depois de alguns rápidos diálogos entre eles, Lydia começa a perceber que aquele homem não tem o objetivo de se jogar, mas terá que descobrir o motivo pelo qual ele está fazendo tudo aquilo.

Enquanto isso, o irmão de Nick, Joey (Jamie Bell), e sua namorada, Angie (Génesis Rodriguez), tentam invadir o cofre do inescrupuloso David Englander (Ed Harris) para encontrar algo que pode provar verdadeiramente a inocência de Nick.

À Beira do Abismo poderia ter uma história excelente se desenvolvida e explorada de forma correta. O filme é bom, ponto. Não passa disso, não empolga, não entusiasma e nem prende muito a sua atenção. Pelo contrário, pode até entediar facilmente em algumas ocasiões. Os poucos diálogos existentes no filme não são empolgantes e muito menos interessantes. Nick é um fugitivo desesperado para provar a sua inocência e esse plano é a única chance que ele tem para conseguir. Caso contrário, ou ele se mata realmente ou volta para a cadeia. Mas no filme, o personagem parece que só está querendo chamar atenção das pessoas e fazê-las perder tempo, esperando para ver se aquele louco se jogará ou não. Não percebe-se o desespero, nervosismo do personagem de saber se conseguirá o que tanto quer. Ele passa uma tranquilidade incompatível com alguém que está naquela situação.

Clique AQUI e inscreva-se para ser um dos colaboradores do blog. E participe do Feedback BCC!

6 comentários

  1. Oiii, tudo bom?
    Sério que você não gostou? Eu simplesmente ADOREI o filme!! Achei super empolgante. Mas fazer o que, gosto é gosto, ne hahaha

    Beijoss
    Thaís - Instinto de Leitura

    ResponderExcluir
  2. Heey! Coloquei um selo para você em meu blog.
    http://cafecomcafune.blogspot.com.br/2013/01/selinhos.html
    Beijos e até mais!

    ResponderExcluir
  3. concordo..filme legal mas fica por isso. oq mais valeu a pena foi a pessoa com quem assisti.
    ;)

    ResponderExcluir
  4. Eu quero muito ver esse filme desde que estreou e não consegui ir no cinema. Minha amiga viu e disse que era cool, fiquei curiosa e acabei esquecendo de procurar pela net depois. QUE NOVIDADE! KKKKKKKK

    Beijos,
    Monique <3

    ResponderExcluir
  5. Eu lembro que queria ver esse filme quando passou no cinema, mas minha mãe viu e disse que não era nada demais. Ainda tenho curiosidade, mas agora vou sem muitas expectativas hehe É uma pena que o Sam não esteja tão bom no papel, gosto dele como ator. Se bem que, pelo visto, há também uma falha de roteiro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Duda...no caso deste filme, acho que todos pecaram, não só os atores.

      Beijos

      Excluir

 
Caroline Curi 2012-2013 Todos os direitos reservados ~ Design desenvolvido por Caroline Curi